Publicado por: blogdamariazinha | 18/09/2012

Sobre o tal filme que causa furor em países muçulmanos: abaixo com os fundamentalismos, de qualquer tipo

Destruição e morte em inúmeros países do mundo. Como isso pode ser feito em nome da religião?

Realmente o fundamentalismo é algo que faz causar a morte de muitas pessoas. Isso não é de hoje. Ao longo da história, leituras estritas dos evangelhos das várias religiões causaram isso: muita dor, muita morte. Isso deve parar.

Agora vemos líderes muçulmanos de vários países bradando palavras de furor, ódio, perseguição e guerra contra o filme que tem sido apresentado com vários nomes, inclusive “A inocência dos muçulmanos” e foi produzido e dirigido por um cristão copta egípcio residente nos Estados Unidos da América de nome Nakoula Basseky Nakoula, informação sobre a qual também pairam dúvidas.

O primeiro vice-presidente iraniano, senhor Mohammad Reza Rahimi, afirmou que “certamente nós iremos procurar, localizar e perseguir a pessoa culpada que insultou 1,5 bilhão de muçulmanos pelo mundo”. Já o líder fundamentalista libanês e dirigente do Hezbollah, Hassan Nasrallah, afirmou que os muçulmanos “não ficariam em silêncio frente a esse insulto”. O Paquistão, por determinação de seu primeiro-ministro, tirou o site Youtube do ar, porque o mesmo se negou a retirar o filme do ar. Muitos outros acontecimentos preocupantes foram nessa mesma toada da intolerância e da violência.

Não vi o tal filme, nem pretendo assistir, mas – mesmo que seja ofensivo e de mau gosto – sua publicação deve ser livre. Penso até que todo esse absurdo movimento de intolerância, propagado por essas lideranças, deve ter ajudado, e muito, ao filme ter uma enorme audiência.

Lembro-me, por conta desse episódio, do caso do escritor Salman Sushdie que por causa de um livro, Versos satânicos, foi condenado a morte pelo líder iraniano Aiatolá Ruhollah Khomeini. Outro exemplo de absurdo fundamentalismo.

Sou cristã, mas respeito todas as religiões, penso que esse é o espírito misericordioso presente em todas as religiões. Quantas coisas são faladas contra Cristo, contra Buda, contra tantos, isso, no entanto, não é motivo para sairmos matando pessoas por aí. Tolerância, é o mínimo que se exige. Respeito às diferenças.

PS – Infelizmente, esse tipo de coisa, se aproveitar da religião e da boa-fé das pessoas para instigar sentimentos de ódio e de intolerância também é feito no Brasil e no Espírito Santo, por muitos, inclusive, que estão na política.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: