Publicado por: blogdamariazinha | 30/08/2012

Rodovia do Contorno, a rodovia da morte, continua um caos e o DNIT só promete, nunca cumpre

Ao que parece o senhor Halpher Luigi deve achar que vive no mundo virtual – tal qual seu homônimo do jogo Mario Brothers – e que tudo de ruim que acontece é só brincadeirinha e que ele pode ficar prometendo tudo e cumprindo nada.

É vergonhosa, já fazem muitos anos, a situação da Rodovia do Contorno. O governo federal, como tem sido típico em sua relação com o Espírito Santo, promete – também por anos a fio – obras e mais obras, melhorias e mais melhorias, mudanças e mais mudanças.

Milhões e milhões de reais são gastos, mas a obra nunca termina e o caos cotidiano que pedestres e motoristas enfrentam só faz piorar.

Hoje leio no jornal A Tribuna, que fez mais uma matéria para mostrar o absurdo da situação que se vive cotidianamente na Rodovia do Contorno, que o senhor Halpher Luigi Mônico Rosa, superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Espírito Santo (DNIT-ES), mais uma vez prometeu melhorias para os “próximos dias”.

Segundo o senhor Luigi “até a próxima quarta-feira deve ser [sempre o condicional] concluído um levantamento sobre pontos estratégicos para travessia de pedestres e iremos sinalizá-los com placas”. Não satisfeito com essas promessas vagas, repetitivas e pouco eficazes, o senhor Luigi, mandou brasa com mais promessas vagas, pueris e repetitivas. Como ele afirmou “além disso, está previsto no contrato de concessão a construção de passarelas” e que a “Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (CETURB-GV) está fazendo estudo sobre os pontos existentes só longo da rodovia e quais precisam de reformas como construção de baias e abrigos”. Ainda insatisfeito com essas promessas vãs e demagógicas – além de sempre feitas – o senhor Luigi ainda disse que sobre a construção de calçadas e ciclovias que as melhorias já estão previstas na conclusão das obras atuais. Segundo ele, por fim, “a previsão é de que o cenário mude radicalmente em dois meses”.

Para nos ajudar a entender essa prosopopeia toda o senhor Luigi poderia responder as seguintes perguntas:
1 – Quando o contrato de concessão estará em vigor?
2 – Quanto tempo, depois de entrar em vigor o contrato, terão os concessionários para construir as tais passarelas?
3 – Quanto tempo, depois de pronto esse estudo que terminará na quarta-feira, demorará para que a sinalização vertical seja concluída?
4 – Qual é o prazo previsto para o término desse estudo que a CETURB-GV está fazendo?
5 – Quanto tempo, depois de pronto esse estudo, está previsto para a construção das baias e abrigos, além de outras reformas?
6 – O que significa mudança radical em dois meses? Podemos entender que todos os temas abordados em sua declaração ao jornal estarão prontos nesse prazo?

Fora isso Luigi, o DNIT-ES, chefiado já faz algum tempo pelo senhor, não consegue explicar o caos da Rodovia da Morte, porque essas obras nunca acabam, onde está todo o dinheiro que já foi gasto e por aí vai. Essas promessas – demagógicas ao meu juízo – que o senhor repete, já foram feitas aos capixabas que vivem na região e/ou usam aquela triste rodovia. O senhor espera mesmo que acreditemos nisso ou deu essas respostas vazias apenas para dizer algo? Vai trabalhar senhor Luigi, a brincadeira de joguinhos de computador é para o outro Luigi, o senhor deveria trabalhar a vera.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: