Publicado por: blogdamariazinha | 15/08/2012

Dilma, a demagoga, e o PAC das Privatizações

A senhora Dilmagoga lançou hoje esse programa de investimentos em logística que o governo chama de PAC das Concessões, mas que é um PAC das Privatizações e mostra várias demagogias do discurso petista-lulista-dilmista. Na foto só salva mesmo a importante e competente defensora do Espírito Santo, a deputada Rose de Freitas.

A senhora Dilma Rousseff, presidente da República Federativa do Brasil, lançou hoje o PAC das Privatizações, que tratou de questões de ferrovias e rodovias. Existem coisas boas e más nesse processo. Vamos a elas.

É muito bom que o governo petista, de Lula-Dilma, enfim, depois de estar a nove anos sete meses e quinze dias no poder, reconheça a necessidade da iniciativa privada para promover o desenvolvimento da infraestrutura econômica brasileira. Se esse processo realmente se desenrolar podemos antever dois aspectos positivos. No curto e médio prazo, enquanto as obras se desenvolvem, teremos geração de emprego e renda. No médio e longo prazo, na medida em que as obras forem concluídas, teremos a redução de parte do chamado custo Brasil, estaremos, na prática, aumentando a eficiência e a produtividade da economia brasileira.

Existem, no entanto, alguns riscos.

Um que podemos destacar é que, como essa gente, que se aboletou na máquina pública brasileira, não gosta da iniciativa privada corremos o risco de que esse processo demore muito mais que deveria ou, até mesmo, acabe não se realizando, servindo apenas, como comum nesse governo, de discurso para campanha eleitoral.

A “cumpanheira” Dilma, lembrando-me do amigo Oleari, deveria reconhecer, também, primeiro que toda aquela demagogia eleitoral que ela e o senhor Lula usaram contra as privatizações foi apenas isso, demagogia eleitoral. Segundo, o governo precisa assumir que o seu discurso que – serviu para inchar a máquina pública brasileira com a “cumpanheirada” com a desculpa de que estavam reconstruindo o serviço público que, supostamente, havia sido destruído – era também falso. O governo não consegue realizar projetos e tocar obras, isso é sobejamente comprovado pelas não realizações do governo federal no Espírito Santo: aeroporto, porto, br’s e muito mais. E aí Dilma, assume ou não assume?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: