Publicado por: blogdamariazinha | 06/07/2012

Um absurdo: dois idosos morrem à espera de UTI na Grande Vitória

Respeito aos idosos é uma das condições para verificarmos as condições éticas e humanas de uma sociedade.

Vou aqui argumentar em defesa da minha “categoria”: os idosos.

Penso já ter lido em algum lugar, e concordo plenamente com isso, que “se conhece uma sociedade pela forma com que ela trata seus idosos”.

Idosos são pessoas que já deram o seu quinhão de esforço pela sociedade, que contribuíram para a construção desse país que temos hoje. Idosos já sofreram as agruras e as dificuldades da vida, bem como as suas coisas belas e positivas.

Por tudo que já fizeram e pelo que já passaram são especialmente merecedores de respeito e preocupação por parte da sociedade.

Para que isso, no entanto, sejam mais que palavras e se transforme em condição é preciso ação.

Precisamos nos preocupar com as condições de saúde dos idosos, precisamos nos preocupar com as suas necessidades de lazer, precisamos nos preocupar com seu acesso à cultura, precisamos nos preocupar com sua qualidade de vida.

Ontem – num único dia – morreram dois idosos à espera de vaga de UTI na Grande Vitória. Isso é inaceitável, é absurdo.

Pior é ver – ou ler no meu caso – o senhor secretário de saúde, Tadeu Marino, explicar que “este é um problema grave no Brasil inteiro, a sobrecarga é grande”.

Não senhor Marino, esse é um problema para essas duas famílias, para essas duas pessoas que se foram. Não busque se esconder nesse discurso fácil – que governos adoram adotar – de que os problemas tais e quais são do Brasil ou até mesmo mundiais.

Não senhor Marino, estamos falando de pessoas, de carne e osso, de gente com fé e esperança, com alma, que busca uma vida com dignidade e que merece – ao menos – ter vagas em serviços fundamentais à manutenção de sua vida.

Até quando iremos desprezar assim a vida dos idosos. Será que só servem as pessoas enquanto são produtivas senhor Marino? Será que uma vez idosos e aposentados temos todos que morrer senhor Marino?

As respostas a essas perguntas, senhor Marino, são: NÃO E NÃO.


Responses

  1. Infelizmente não é só idoso não. É criança, adolescente, adulto e idosos. Bateu no Hospital publico o risco de morte aumenta em 300%.
    Ai daquele que não tem condições de pagar um plano de saúde.
    A saúde pública no Brasil é precária há mais de 40 anos. Só sobra dinheiro para os bolsos do políticos brasileiros, todos aproveitadores. Nenhum deles se preocupam com a saúde, educação e segurança no Brasil. Dinheiro no bolso deles para o partido e os partidários é o que interessa.
    É VERGONHOSO!

    VAMOS LUTAR PARA UM BRASIL SEM POLÍTICOS, OU PELO MENOS COM 10 % DELES. O RESTO VÃO TRABALHAR. E QUEM DEFINE SALÁRIOS DELES TEM QUE SER O POVO E NÃO ELES. “O POVO É O PATRÃO”


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: