Publicado por: blogdamariazinha | 05/07/2012

Câmara dos Deputados aprova gasto adicional de R$ 110 milhões para pagar seus assessores

Os deputados federais resolveram gastar mais R$ 110 milhões do nosso dinheiro. Deveriam, isso sim, ter mais vergonha na cara e não fazer isso. Reduzam o número de seus assessores e aumentem o salário dos que ficarem. Isso sim.

Esses nossos representantes não param de criar absurdos, jabaculês para eles próprios. Ontem foi publicado o ato da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, assinado pelo senhor Marco Maia, presidente da Casa, que reajusta o valor da verba de gabinete de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) para R$ 78.000,00 (setenta e oito mil reais). Um aumento de 30%.

Como se gastassem pouco, o custo total do Poder Legislativo Federal, vai a vários bilhões de reais por ano, esse aumento terá um custo anual de R$ 110.800.000,00 (cento e dez milhões e oitocentos mil reais) e será, por óbvio, bancado por nós, ilustres desconhecidos e desconsiderados para esses que supostamente deveriam ser nossos representantes.

Essa verba serve para pagar os 25, isso mesmo, 25, assessores comissionados a que cada um dos 513 deputados federais têm direito. A justificativa é que esses assessores estão sem reajuste por um período de 5 anos.

Muito justo que quem trabalha tenha reajuste de seus vencimentos. Por que, então, os deputados não reduziram o número máximo de seus assessores para, por exemplo, 15 assessores e dividiam esse recurso que sobraria para aumentar os salários dos que ficaram?

Quem conseguir me justificar a necessidade de um deputado federal ter a assessoria de 25 pessoas ganha um prêmio. Não acredito nisso. Eles, de modo algum, mesmo os que trabalham no que devem, legislar e fiscalizar, precisam desse absurdo número de assessores.

Quantos presidentes de empresas privadas – e falo das grandes – têm esse número de assessores?

Gastam nossos recursos – que como destacou A Gazeta de hoje serviria para, por exemplo, manter o Hospital das Clínicas por dois anos – de forma totalmente abusiva e, ao meu juízo, contrariando os princípios constitucionais da impessoalidade e da moralidade. Uma vergonha.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: