Publicado por: blogdamariazinha | 19/06/2012

Maluf, Lula e Haddad, qual é o problema?

Além de tudo o mais essa estranha aliança desconhece a Lei da Ficha Limpa. Maluf é um ficha sujerríma.

Realmente fiquei abismada com essa foto aí de cima. A esquerda – para manter seu lugar simbólico – está o senhor Lula “eu não sabia do mensalão” da Silva, a direita – com o mesmo intuito – o senhor Paulo “esse dinheiro não me pertence” Maluf, e ao centro o famoso quem? Fernando “nem enem consegue organizar” Haddad.

Muito se falou desde ontem sobre essa estranha aliança. Duas posições ganhando mais destaque.

De um lado alguns – como a ex-futura companheira de chapa de Haddad, Deputada Federal Luiza Erundina (PSB-SP) – alguns falando que era um absurdo querer se coligar com alguém que apoiou a Ditadura.

De outro lado outros tantos cobrando coerência de Lula e do Partido dos Trabalhadores (PT) para não se coligar com quem já viveram as turras, de quem os petistas já disseram cobras e lagartos.

Não concordo com nenhuma dessas críticas, em que pese respeitar quem pensa assim. Por que?

Primeiro não penso que depois de mais de 27 anos do fim da Ditadura Militar seja justo, ainda, fazer uma divisão de forças políticas entre os que apoiaram e os que se opuseram à Ditadura. A democracia foi aceita – ao que me parece por todas – ou quase todas, mas ao menos as mais importantes – as forças políticas do país como a forma, única, de se disputar e chegar ao poder.

Segundo não penso que depois desses 9 anos e meio de poder no âmbito federal seja possível cobrar coerência – por mínima que seja – do PT, eles já deram provas cabais de que isso é algo que não lhes pertence, na verdade nunca deve ter pertencido, era só discurso mesmo.

Qual o problema então?

Ao meu juízo é simples: o senhor Maluf é um ficha suja, sujerríma, por sinal.

Esse é o problema, além de desconsiderar as instituições, como já sobejamente comprovado, o senhor Lula da Silva também desconsidera as leis, não quer se lembrar da Lei da Ficha Limpa tão arduamente conquistada pelos cidadãos brasileiros.

Alguém poderá dizer: “mas todos os partidos – ou quase todos, talvez salve o PSOL – têm os seus fichas sujas”. É capaz. Mas o senhor Paulo Maluf é o lider inconteste do seu partido, o tal Partido Progressista (PP), em São Paulo, não é um simples filiado.

Além disso, temos o claro uso da máquina federal para cooptação eleitoral. Em troca de seu apoio em São Paulo o senhor Maluf conseguiu uma secretaria do Ministério das Cidades no governo federal. Uma vergonha completa.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: