Publicado por: blogdamariazinha | 22/03/2012

Sobre o escândalo de corrupção em hospital denunciado pelo Fantástico

“Ética” do mercado é o c..... Isso é roubo, ladroagem, corrupção.

O escandaloso caso de corrupção denunciado pelo programa Fantástico, no domingo passado, envolvendo uma série de serviços a serem oferecidos a hospital público no Rio de Janeiro, revela as entranhas da criminalidade no Brasil e como esse terrível fenômeno – a corrupção – está presente nas mais variadas relações do setor público com o privado em nosso país.

Três constatações me parecem importantes a partir desse caso.

Um: não é possível permitir poder discricionário a qualquer servidor público em áreas que envolvem o uso de recursos públicos vultosos. Há que se diluir esse poder, fazendo com que grupos de pessoas sejam responsáveis, preferencialmente de forma rotativa por curtos períodos de tempo, impedindo que esferas de influência e interesse se consolidem.

Dois: É preciso que, além da punição das empresas e empresários envolvidos, seja proibido que empresas novas, criadas por empresários que estejam envolvidos em casos anteriores. Ficha Limpa para as empresas e empresários.

Três: É fundamental que esses processos de licitação feitos por situação de emergência, sejam muito mais regulados e que gestores que permitam que esses casos se repitam sem motivação real ou por falta de planejamento sejam punidos.

Além disso é, claro, preciso haver mais e mais transparência e punição efetiva e expediente para corruptos e corruptores, em especial para esses processos de formação de cartéis da corrupção que a matéria apresenta.

Repudiando a declaração de uma das representantes da empresa de que “essa é a ética do mercado”, é preciso que esse tipo de coisa não possa se repetir de forma impune e sem prevenção.

Não basta que autoridades “indignadas”, como tantas que apareceram após o escândalo, fiquem falando em punição para os envolvidos. O importante, a longo, prazo é prevenir. Para isso é preciso organização, profissionalização e planejamento no serviço público que, por sinal, é responsabilidade desses gestores que, agora, aparecem “indignados”.

http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1679161-15605,00-REPORTER+TRABALHA+INFILTRADO+EM+REPARTICAO+PUBLICA+E+FLAGRA+ESCANDALO+DE+CO.html


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: