Publicado por: blogdamariazinha | 09/03/2012

Câmara da Serra, de novo, no “olho do furacão”

A querida serrana Judith Leão Castello Ribeiro, educadora, escritora e política capixaba, deve ficar envergonhada com as coisas que fazem nesse Palácio que leva seu nome.

O Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCEES), em mais uma ação histórica, determinou, pela primeira vez, a suspensão de um contrato em andamento. Resultado de uma preocupação com o bom uso dos recursos públicos, que decididamente retornou àquela Casa, mas também dos poderes ampliados que os tribunais de contas têm tido nos últimos anos.

O contrato suspenso é da Câmara Municipal da Serra para publicidade. O valor é de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais).

A Câmara da Serra vira e mexe, como se diz, é envolvida, e se envolve, em atividades “estranhas e inconvenientes”, para dizer o mínimo, no máximo levanta suspeitas de favorecimento, desperdício e corrupção.

Lembram-se do caso das cadeiras massageadoras, aquele abuso institucional com os recursos públicos?

Ela é também a Câmara mais cara do Espírito Santo. Gasta muito mais que Vitória, apesar da arrecadação da Capital ser bem maior, e de Vila Velha e Cariacica.

Suas excelências municipais dirão que estão dentro dos limites legais e usarão outros argumentos na mesma linha, mas nem tudo que é legal é moral, ainda mais sendo a Serra um município ainda tão carente em aspectos sociais. Esses dois milhões seriam muito mais bem usados em programas de saúde ou educação ou saneamento ou segurança pública. Pena que os senhores representantes do povo não vejam isso.

Em tempo: Vejo no jornal A Gazeta, na página ao lado da em que está a matéria sobre a Câmara da Serra uma vistosa propaganda da Câmara Municipal de Itaguaçu. Uma sugestão ao TCEES: acompanhar com bastante atenção essas inúmeras obras que os legislativos municipais estão fazendo em suas sedes nesse ano eleitoral. Pode ter coisa.


Responses

  1. A Câmara da Serra, segundo seu Presidente Raul César Nunes é a mais bem avaliada do ES, mas segundo a População a MAIS VALIO$A DO ES e quem sabe, proporcionalmente a MAIS VALIO$A DO PAÍS, é um peso morto para o Município. Poderiamos fazer um teste e durante o recesso parlamentar, verificar se os Nobres Edis fazem alguma falta.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: