Publicado por: blogdamariazinha | 29/02/2012

Deputados apressadinhos

Apressado come cru. Por que será que os deputados estaduais estão com essa pressa toda para indicar o próximo conselheiro do TCEES?

Estranho muito a pressa dos senhores deputados estaduais para promover a indicação do próximo Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCEES). Como podemos ver sobre o histórico de indicação de membros daquela Corte de Contas, da qual muito me orgulha ter participado, os indicados pela Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo (ALES) são os que estão a enfrentar problemas com a Justiça.

O histórico de competência daquela Casa no quesito indicação de conselheiros do TCEES, portanto, não é dos melhores.

Se querem mesmo ser sérios e indicar alguém probo, ético e competente para o TCEES, como determina a Constituição Estadual, replicando a Federal, é preciso ir com calma.

É importante que se abram oportunidades para que cidadãos das mais variadas origens e formações se apresentem como candidatos. É importante que se discuta com esses candidatos o que eles pensam do Tribunal de Contas, suas funções e o papel de um Conselheiro. É importante ouvir dessas pessoas de que maneira se comprometem, publicamente, com o bom uso dos recursos públicos e de que maneira sua vida pregressa pode de alguma maneira assegurar isso.

Não será da forma como vem tratando a questão que os deputados estaduais encontrarão um bom nome, seja agora, seja depois, para as próximas vagas que logo se abrirão.

Qual a experiência de vida e de conhecimento que os pretendentes têm? Isso também é importante. Conhecimento e experiência nunca são coisas estanques.

Quem falou que o Conselheiro a ser escolhido tem que ser um deputado ou mesmo um políticode qualquer esquema de poder?

Realmente é muito decepcionante ver suas excelências estaduais querendo resolver questão tão importante para os dinheiros públicos dessa maneira apressada. O que será que existe por trás disso tudo? Quais os compromissos para agora e depois?

Penso que os cidadãos capixabas, as organizações da sociedade civil e a imprensa, além de políticos sérios, devem de todo modo possível resistir a esse tipo de comportamento, que, além de comprometer o presente, arrisca o futuro daquele Tribunal.


Responses

  1. Arrisca e compromete não só presente e futuro desse Tribunal, como também o futuro de alguns Municípios, principalmente os de origen dos que virem a ocupar esses cargos. Nos corredores políticos já se ouvem murmurinhos de que alguns Deputados Estaduais NÃO SAIRÃO candidatos a prefeito em suas Bases. Em troca ganhariam a Indicação para Conselheiro do Tribunal de Contas do ES. Notícia que muito nos entristece.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: