Publicado por: blogdamariazinha | 07/10/2011

Chicote não, trabalho sim

Esse polêmico discurso do senador Reditário Cassol, em que pese a questão do chicote, com o que não concordo, nos chama a atenção para a manutenção do sistema penitenciário e dos presos. Temos que debater isso.

Realmente é uma situação absurda com que nos defrontamos em muitos aspectos em nosso país. O discurso do senador Reditário Cassol (PP-RO), suplente do seu filho, o senador Ivo Cassol, feito ontem na tribuna do Senado chama atenção, mesmo que por vias transversas, para a situação do nosso sistema penitenciário.

O senador Reditário afirmava ser um absurdo que as famílias dos presos recebam um auxílio superior àquele que é pago aos cidadãos brasileiros comuns, e livres, que precisam do sistema de seguridade social.

Segundo o senador Reditário “não faz sentido o governo federal premiar famílias de um criminoso e deixar familiares de vítimas sem nenhuma proteção social ou financeira. É um absurdo que a família de um pai morto pelo bandido, por exemplo, fique desamparada, enquanto a família do preso que cometeu o crime receba o auxílio previdenciário de R$ 862,60. A pessoa condenada por crime grave deve sustentar os dependentes com o trabalho nas cadeias.”

Realmente temos aqui um ponto. Como amparar com mais recursos a família de um criminoso do que a família daquele que sofreu o crime?

Acho eu um absurdo gastarmos milhões e milhões de reais com um sistema prisional que longe de reeducar os detentos, o objetivo proclamado, funciona na maioria das vezes como uma “escola para o crime” ou uma “câmara de tortura”. Isso não é possível, nem aceitável.

Concordo com o Senador Reditário que devemos fazer os presos trabalharem, até para, além de garantirem o seu próprio sustento, serem responsáveis por cobrir o custo (ou parte dele) de sua internação. Não é possível vermos mais e mais os cidadãos serem agravados com impostos e mais impostos para recebermos esses serviços públicos de merda e ainda vermos nossos recursos usados dessa maneira.

É isso tipo de situação que acaba permitindo que sugestões de uso da violência física – como fez o senador Reditário – contra os detentos. Com isso, não posso concordar. Chicote me lembra não a Idade Média, como disse o senador Eduardo Suplicy, mas, isso sim, a época da escravidão em nosso país. Isso não dá.


Responses

  1. Concordo plenamente.
    O que não me conforme é ver minha amiga e o Luiz Paulo envolviidos com aquela corja retrógrada de Vila Velha. Não faz sentido. Um cara competente, atual, ligado no futuro e bambambam em formulação de políticas públicas para o futuro, ter caras tão antigoss, retrógrados, carne de pescoço, quinemqui esses aí que acabaram de assinar ho PSDB.

    Não acreditei, pode cre.

    Lamentando, com o abração e admiração de sempre, do Oleari.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: