Publicado por: blogdamariazinha | 01/10/2011

Coluna Música Incidental: Madalena – Elis Regina

Madalena
Elis Regina

Madalena
O meu peito percebeu
Que o mar é uma gota
Comparado ao pranto meu.
Fique certa
Quando o nosso amor desperta
Logo o sol se desespera
E se esconde lá na serra.
Madalena
O que é meu não se divide
Nem tão pouco se admite
Quem do nosso amor duvide.
Até a lua se arrisca num palpite
Que o nosso amor existe
Forte ou fraco alegre ou triste.

Pensando na situação política da Serra me lembrei da grande Elis Regina. Algum tempo atrás falei que acabaria sobrando para o pessoal da Serra a disputa que se dava em torno de filiações partidárias para as eleições de 2012 nos municípios de Vila Velha e Cariacica e a formação de alianças em Vitória. Não deu outra. Sobrou pra Serra. Cada um cante a música com o sentido que desejar.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: