Publicado por: blogdamariazinha | 26/09/2011

Coser, o alienista

Coser, o alienista, em seu gabinete, pensando nos grandes projetos virtuais que nunca concretizou ou nas obras ruins que deixa na cidade ou pensando no abandono político a que está submetido? Ou será tudo isso junto?

O alienista é uma obra célebre do maravilhoso escritor brasileiro Machado de Assis. Discute-se, no que não consigo dar opinião, se seria uma novela ou conto, para mim, simples leitora, é apenas uma maravilhosa história.

Nela, o Doutor Simão Bacamarte, o alienista, médico que se inicia na psiquiatria, começa estudo para classificar os diversos graus de loucura. Vai internando a maioria das pessoas no hospício, a Casa Verde. Depois de prender a maioria das pessoas da Vila de Itaguaí, onde se passa a história, a cidade se rebela, liderada pelo barbeiro Porfírio. Esse, no entanto, apesar de vitorioso, pensa, então, que a Casa Verde alia-se ao doutor Bacamarte. Os militares intervem e o doutor alienista retoma o controle da situação.

Ocorre então uma virada. O Doutor Bacamarte muda seus critérios para definir quem deve ficar recluso na Casa Verde. Segundo seus novos critérios apenas aqueles que estão bem devem se manter lá dentro, pois os elementos com distúrbios são maioria. Simão Bacamarte, depois de analisar a situação com seu suposto rigor científico se vê como o único são e se interna sozinho na Casa Verde. O boato, óbvio, que corre na cidade, no entanto, é que ele era, na verdade, o único que de são nada tinha.

Assim posso perceber a alienação do prefeito de Vitória em relação aos seus munícipes de modo mais específico e a cidade e a política como um todo.

É risível a absurda e evidente desconexão com a realidade quando se lê na coluna “Frases da semana”, do jornal A Gazeta, do domingo, dia 25 de setembro, que o senhor Coser, num ataque de “modéstia total”, afirmar que “NEM MESMO A MINHA GESTÃO conseguiu por em prática esse projeto” (grifo meu), ao tratar da questão da instalação e manutenção de radares em vias de circulação de veículos. O senhor Coser não conseguiu mesmo muita coisa, não conseguiu cumprir suas promessas de campanha, não conseguiu, apesar de gastar alguns milhões com a FINATEC, implantar modelo de gestão com mínimo sucesso, não conseguiu construir obras decentes e duradouras, não conseguiu manter políticas que na prática já realizavam o seu discurso, que se desfez na bruma, de unir as duas vitórias, não conseguiu controlar as finanças públicas, não conseguiu, como tanto prometia, reduzir os cargos comissionados (vide matéria do jornal A Tribuna de domingo, 25 de setembro), não conseguiu muito. Mas, tal qual o alienista, se acha o único são, sábio e virtuoso.

O senhor Coser não perdeu conexão só com a cidade e a realidade. Até mesmo com o seu partido, do qual até outro dia era líder inconteste, ele está se alienando. Apesar de não defender a candidatura da Ministra Iriny Lopes, na verdade conforme várias declarações públicas ele apoia candidatura de outro partido, não tendo conseguido construir nem mesmo uma candidatura de seu campo de apoio, ele vê, conforme podemos ler na Coluna Praça Oito do jornal A Gazeta de domingo, 25 de setembro, o partido se decidir pela candidatura de Iriny.

É senhor Coser, realmente a situação está bastante ruim para o seu lado. Não foram só as opções políticas equivocadas que o senhor fez que construiu essa sua alienação. Foi, principalmente, a sua incapacidade de se mostrar um agente público com qualquer capacidade de gestão, ousadia e inovação. Só mesmo discurso e mais discurso, propaganda e mais propaganda, mais isso, senhor Coser, se desmanchou no ar, na evidência da vida cotidiana dos cidadãos de Vitória que perceberam que a “Casa Verde” que o senhor dizia construir para a cidade só tem mesmo utilidade para o senhor. A casa verde é só sua, pode ficar com ela à vontade, os cidadãos, ainda bem, preferem a liberdade das ruas para construir uma cidade melhor.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: