Publicado por: blogdamariazinha | 12/08/2011

Fidel Castro faz 85 anos, deve ter imenso sentimento de fracasso

Não adianta esbravejar senhor Fidel Castro seu modelo, governo, sistema, como queira chamar, é um retumbante fracasso.

O senhor Fidel Alejandro Castro Ruz, mais conhecido como Fidel Castro ou El Comandante, supremo chefe da Revolução Cubana, do Partido Comunista Cubano (PCC), do governo cubano e das Forças Armadas de Cuba, até outro dia, completa amanhã 85 anos.

Oficialmente, somente em 19 de abril desse ano, ele, Fidel, entregou o último cargo que ainda detinha em suas mãos, o de secretário-geral do PCC. Como a todos os outros, também esse, passou para o seu irmão Raúl Modesto Castro Ruz, o atual tudo de Cuba.

Fico imaginando como deve ser chegar aos 85 anos (eu de minha parte só chegarei aos 80 em novembro desse ano) com um sentimento de fracasso tão retumbante.

Cuba, o projeto de socialismo autoritário cubano que Fidel, seu irmão Raúl, Che Guevara e outros, tentaram implantar ao longo desses mais de 52 anos naquele país, a julgar pelas próprias e tímidas reformas que eles tentam fazer, é um fracasso colossal.

O custo humano e social da experiência – tal qual o stalinismo, o nazismo, o fascismo, o pinochetismo, o salazarismo, o franquismo, o polpotismo, e tantos outros desumanos “ismos” que foram experimentados ao longo do século XX – de modo algum compensam eventuais pequenas vitórias que poderiam, de muitos outros e humanos modos terem sido conquistados.

Cuba socialista fracassou. Fidel Castro, um outrora reluzente e barbudo revolucionário que transmitia esperança de um mundo melhor, mostrou, depois dessas décadas de poder, que as sociedades não podem, sob pena de sofrerem consequências tais como as cubanas e outras citadas, abrirem mão de – em última instância – serem os controladores dos processos políticos. Não serão líderes messiânicos – mesmo que ateus como Fidel – que resolverão nossas disputas.

A repressão, a tortura, as mortes, as prisões arbitrárias, os controles sobre a informação, o sistema educacional completamente ideologizado e mistificado, o atraso econômico, as dificuldades sociais, os baixos salários, as péssimas condições de vida, a falta de produtos básicos, a corrupção disseminada e muito mais, senhor Fidel Castro, são a prova inconteste de seu retumbante fracasso.

Uma pena que, como diz o grande Marcelo Madureira, “o fracasso tenha lhe subido à cabeça” e o senhor e seus asseclas, que ainda dão as cartas em Cuba (até quando? Espero que por pouco tempo mais) não tenham a capacidade de fazer uma sincera análise e abrir mão do poder e privilégios e deixar aos cubanos mais jovens a tarefa árdua de reconstruir o que vocês, nem de longe, conseguirão fazer.

O senhor, Fidel Castro, tem todo o direito de sentir que seu projeto de vida não serviu a propósito algum que não seus próprios interesses de mando e poder. Seu sentimento de fracasso, senhor Fidel Castro, é plenamente justificável, para tristeza e infelicidade dos cubanos, que, no entanto, penso eu, algum dia serão capazes de tomar as rédeas de seu destino em suas mãos e fazer daquele belo país um bom lugar pra se viver, um lugar humano e justo, algo que, nem de longe, o senhor conseguiu.

O senhor, Fidel Castro, enfim, não merece os parabéns, os meios que utilizou em seu projeto de poder foram, muitas vezes, no mais das vezes, vis e cruéis, e os fins que alcançou foram tão somente pessoais, familiares e de seu pequeno grupo de asseclas, a sociedade cubana, senhor, vive, hoje, com qualidade de vida muito ruim, graças a tudo que o senhor fez e, também, ao muito que deixou de fazer. O senhor fracassou redondamente e, por isso, não merece parabéns algum.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: