Publicado por: blogdamariazinha | 12/08/2011

Coluna “Clássicos ou nem tanto”: 1984 – Michael Radford (1984)

Baseado na clássica obra de George Orwell esse 1984 retrata de modo bastante claro a vida em sociedades totalitárias. Está aqui na dica de filmes dessa semana como um desagravo aos 85 anos do senhor Fidel Castro e a possíveis e previsíveis homenagens que receberá, não as merece. Como o grande irmão do filme tenta controlar a vida dos cubanos. As atuações de John Hurt, Richard Burton e Suzanna Hamilton são muito boas e captam, ao meu juízo, de modo perfeito, o ambiente autoritário e ao mesmo tempo artificial dos regimes totalitários. Vale assistir.

Sinopse – http://interfilmes.com/filme_20784_1984-(Nineteen.Eighty.Four).html

Depois da guerra atômica, o mundo foi dividido em três estados e Londres é a capital da Oceania, dominada por um partido que tem total controle sobre todos os cidadãos. Winston Smith é um humilde funcionário do partido e comete o atrevimento de se apaixonar por Julia, numa sociedade totalitária onde as emoções são consideradas ilegais. Eles tentam escapar dos olhos e dos ouvidos do “Big Brother”, sabendo das dificuldades que teriam que enfrentar. Aqui, tudo funciona: 1984, o filme, nada deixa a dever a 1984, o clássico de George Orwell. E esta é uma das grandes virtudes tanto do roteiro como da direção de Michael Radford. Diante da grandiosidade do livro, seria extremamente fácil que o filme soasse vazio, medíocre. Mas, ao contrário, a adaptação de Radford é provocante. Winston Smith é um funcionário do governo totalitarista liderado pelo “Grande Irmão”, uma “entidade” que, através de telões, controla a privacidade de todos os cidadãos do país. Certo dia, ele recebe um bilhete de uma bela garota, Julia, a quem conhecia de vista: “Eu Te Amo”, lê, espantado. A partir daí, Winston passa a sair com a garota, desafiando as leis do país, que aboliram o orgasmo e incentivam a inseminação artificial. Winston e Julia desafiam, com seu amor, o próprio Sistema, que prega o ódio como maneira de subjugar seus oponentes. Prazeres simples (porém ilegais), tais como provar geléia com pão e beber café “de verdade”, passam a fazer parte da rotina do casal, que redescobre o valor da fidelidade e do calor humano.

Informações Técnicas
Título no Brasil: 1984
Título Original: Nineteen Eighty-Four
País de Origem: Inglaterra
Gênero: Drama / Romance / Ficção
Tempo de Duração: 113 minutos
Ano de Lançamento: 1984
Site Oficial:
Estúdio/Distrib.:
Direção: Michael Radford

Elenco – http://pt.wikipedia.org/wiki/Nineteen_Eighty-Four
John Hurt …. Winston Smith
Richard Burton …. O’Brien
Suzanna Hamilton …. Julia
Cyril Cusack …. Charrington
Gregor Fisher …. Parsons
James Walker …. Syme
Andrew Wilde …. Tillotson
David Trevena …. amigo de Tillotson
David Cann …. Martin
Anthony Benson …. Jones
Peter Frye …. Rutherford
Roger Lloyd-Pack …. garçon
Rupert Baderman …. Winston (menino)
Corinna Seddon …. mãe de Winston
Martha Parsey …. irmã de Winston


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: