Publicado por: blogdamariazinha | 09/08/2011

Mundo à beira do colapso? Bolsas de Valores nervosas em todo canto

A situação mundial está pra lá de esquisita. O que fazer? Esse é o quebra-cabeças que preocupa a muita gente.

A maré não está pra peixe, a situação tá pra lá de feia, está mesmo horrenda. Falo, claro, da situação de verdadeira histeria mundial que estamos vivendo já fazem vários dias ou, até mesmo, semanas.

A crise se dissemina em vários polos e não parece passar. Na verdade é, ainda, mais agravada pela irresponsabilidade de alguns políticos. Nesse caso, ao meu juízo, a responsabilidade mais evidente é dos deputados e senadores do Partido Republicano dos Estados Unidos.

A situação dos Estados Unidos é muito ruim. Além dessa ridícula pendenga em torno da renovação, com ampliação, do teto da dívida, que só chegou ao final no prazo limite, temos, ainda, muitas dúvidas sobre a qualidade da recuperação daquele país. A perspectiva de cortes de gastos, segundo li em artigos do renomado economista e prêmio nobel da área, Paul Krugman, não é nada melhor, por oposto, só se agrava.

A Europa as coisas não andam melhores, talvez até piores. Temos a Grécia, a Irlanda e Portugal já nas cordas do ringue. Além disso Espanha e Itália já dão sinais mais que evidentes de que sua situação não é nada segura e confortável. Como a situação progredirá? Dúvidas, muitas dúvidas.

No Oriente, apesar da sempre presente China, a situação se agrava com a fraqueza da economia japonesa – ainda muito abalada pelos efeitos do tsunami-acidente nuclear – e a falta de perspectivas do resto do mundo.

Enquanto isso aqui no Brasil o governo faz de conta – apesar de começar a dar os primeiros tímidos sinais em contrário – de que tudo vai bem. Não será com essa postura típica de avestruz que conseguiremos enfrentar o problema. Ainda mais, amarrados como estamos, pelas questões inflacionárias, cambiais e do déficit de transações correntes. Vamos gastando por conta, sem nos preocuparmos com o que vem. Quando o governo abandonará o autismo de que tudo está seguro e de que estamos preparados? Ninguém parece estar. Por que estaríamos nós?

O Espírito Santo, pela sua enorme dependência dos humores da economia mundial, já devia estar com as barbas de molho. De repente, não mais que de repente, tudo pode voltar a andar pra trás. Cairão, mais uma vez, receitas, muito vinculadas à exportação. A hora é de prudência. Como diz o “filósofo” Jorge bem Jor “Prudência, dinheiro no Bolso, canja de galinha não faz mal a ninguém”.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: