Publicado por: blogdamariazinha | 21/07/2011

Sou contra dinheiro público para Copa do Mundo e Olimpíadas

Bem que quando surgiu a logomarca da Copa de 2014 muita gente logo disse que o sentido era de: vamos meter a mão na grana da Copa de 2014. Ao menos no dinheiro público, que prometeram não usar, já estão metendo a mão. Vamos ver se vai virar corrupção também.

É uma vergonha o que está acontecendo. Um completo absurdo. O festival de gastança do dinheiro público para a realização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016 deve chegar a casa das dezenas de bilhões de reais (chegará a uma centena de bilhões?).

Vários políticos e empreendedores, há alguns anos atrás, prometeram que não haveria dinheiro público nesses eventos, tudo seria bancado pela iniciativa privada. Que mentira, que lorota “boa”.

O senhor Lula falou disso, o senhor Orlando Silva, ministro dos esportes de Lula e Dilma, falou disso, o senhor Ricardo Teixeira, presidente da CBF, falou disso, o senhor Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, falou disso, o senhor Sérgio Cabral, governador do Rio de Janeiro, falou disso, o senhor Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, falou disso. Todos, absolutamente todos, mentiram. Mentiram escancaradamente para os cidadãos brasileiros.

O que vemos, no entanto, é que mais e mais dinheiro público está sendo torrado nesse evento. Teremos resultados? A famosa pergunta que não quer calar é: “Qual será o legado desses eventos?”.

Teremos resultados tão bons quanto Barcelona, ou tão ruins quanto a Grécia. Ficaremos tão endividados quanto a Grécia e o Canadá, para as Olimpíadas de Atenas e Montreal?

Sendo o Brasil, Brasil e conhecendo um pouco de nossa história, inclusive a recente com a realização do Pan de 2007 no Rio de Janeiro, minhas expectativas são pra lá de pessimistas. Acho que esses eventos serão um show de desorganização, improvisação, resultados de última hora e corrupção. Espero estar errada, mas desconfio que não.

A prefeitura de São Paulo dá benefícios fiscais de mais de R$ 400.000.000,00 (quatrocentos milhões de reais), isso mesmo, para a construção do Itaquerão, o estádio do Corinthians, o governo de São Paulo vai gastar cerca de R$ 70.000.000,00 (setenta milhões de reais) para arquibancadas provisórias para esse mesmo estádio, o governo do Rio de Janeiro injeta uma montanha de dinheiro no Maracanã, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) empresta dinheiro com juros subsidiados para a construção de inúmeros estádios país afora. Um show de gastança.

O que vamos fazer com isso depois? O que farão, por exemplo, Brasília, Manaus e Natal com os estádios “elefantes-brancos” que estão construindo?

Ganharemos aeroportos novos, falarão os defensores. Mesmo aqui já sabemos que inúmeros aeroportos não estarão prontos para 2014, o que teremos, isso sim, serão puxadinhos e mais puxadinhos nos aeroportos do país.

Será mais uma experiência como o Parque Aquático construído para o Pan 2007? Gastou-se uma fortuna, afirmando-se que era uma instalação de porte olímpico, e agora teremos que construir outro parque aquático pois o Comitê Olímpico já disse que aquele não serve para 2016.

Por tudo isso e pela evidência de que temos inúmeras outras prioridades para o nosso país não penso que teremos nenhum benefício real com a realização desses eventos. Sou contra usarmos dinheiro público para isso.


Responses

  1. a maior vergonha de todos os tempos que ja ouve emvestir dinheiro publico em copa do mundo porque nao na educaçao na saude e caguraça . parabens brasil parabens senhores politicos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: