Publicado por: blogdamariazinha | 02/06/2011

Missões especiais: repressão policial parece ser a marca desse governo ou da série “o passado bate à sua porta”

A violência policial volta a assombrar os capixabas. Dessa vez foram os estudantes que sentiram a força governamental.

Mais uma vez o governo do Estado do Espírito Santo mobiliza a Polícia Militar para reprimir cidadãos que se manifestam por seus direitos. Dessa vez contra estudantes que protestam contra os preços das passagens do transporte coletivos.

As fotos que vejo, aqui e agora, no Gazeta Online mostram que o clima “esquentou”. Incapaz de manter o tão prometido diálogo com os movimentos sociais o governo do senhor Renato Casagrande parte para uma postura ostensivamente violenta.

Incapaz também de reconhecer a herança maldita que herdou do senhor Hartung Gomes, Casagrande vai tentando – e aparentemente não conseguindo – manter um condomínio de poder que se por um lado pretende continuar com as problemáticas (sejamos amenos) relações com os setores que estavam dando as cartas no mandarinato de Hartung e, ao mesmo tempo, tentar agradar as bases que sustentam o seu discurso político e garantem a sua inserção na política local e nacional.

Com certeza mais essas imagens policiais percorrendo o mundo e mostrando que – ao que parece – a questão social virou definitivamente caso de polícia no Espírito Santo, sendo a República Velha revivida em pleno início do século XXI prejudicarão a imagem de um governante moderno, democrático e com preocupações sociais que o senhor Casagrande quer passar para os capixabas, para o Brasil e quiça para o mundo.

Esse episódio, mais esse, de absurda violência policial faz parte de mais um da série que o senhor Casagrande vai enfrentar, como já enfrentou – e enfrenta – na saúde, na educação, na segurança pública e na mobilidade urbana, entre outros, que poderíamos denominar de “o passado bate à sua porta”. Hartung Gomes continua vivo em vários e múltiplos sentidos na vida de Casagrande, além do seu escritório político – disfarçado de consultoria, além do seu poder explícito ou nem tanto sobre poderes, órgãos e pessoas, a sua maldita herança vai atormentar o governo de Casagrande durante muito tempo. Qual será a alternativa do novo governador? Teremos que acompanhar os próximos episódios.

Veja matéria no Gazeta Online:
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2011/06/a_gazeta/minuto_a_minuto/868187-estudantes-fecham-a-avenida-fernando-ferrari-em-frente-a-ufes.html


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: