Publicado por: blogdamariazinha | 25/05/2011

Trabalhando, cada vez mais, para pagar tributos: a extorsão tributária que sofremos no Brasil

Esse é um taxímetro que não para de rodar e suga mais de 1 trilhão de reais dos brasileiros anualmente. São os impostos que pagamos e que deveriam se reverter em serviços públicos de qualidade. Deveriam, mas não se revertem. Até quando aguentaremos essa extorsão tributária?

Saiu mais um dos interessantes estudos do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) sobre a extorsão tributária a que somos continuamente, anos após ano, submetidos por esses governos – no caso todos eles, de qualquer instância – sanguessugas, ineficientes, descomprometidos com a preservação dos recursos dos cidadãos.

Os dados são alarmantes. Esse ano trabalharemos até o dia 29 de maio para pagarmos todos os tributos, um dia a mais que no ano passado.

Comparando, por exemplo, a carga tributária brasileira de 2010 com a dos 33 países que compõem a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) a nossa seria a 14ª maior. Se a comparação fosse feita com os dados de 2008 o Brasil seria o 18º colocado. Ou seja, nesse período de dois anos subimos quatro posições nesse ranking dos países que mais cobram tributos no mundo.

Os estudos do IBPT chama a atenção para o fato de que desde 2003 a arrecadação de impostos vem crescendo, quase todos os anos, em nosso país. Em 2003, o ano do primeiro estudo, o brasileiro destinou em média 36,98% para pagar a tributação. Em 2004 esse percentual subiu para 37,81%, em 2005 o valor pulou para 38,35%, em 2006 já estava em 39,72%, continuou a subida em 2007 para 40,01%, em 2008 atingiu 40,51%, pequena queda em 2009 para 40,15% (claro efeito da crise de 2008-2009) e em 2010 sobe novamente chegando a 40,54%. Para o ano de 2011 a previsão do Instituto é de que cheguemos ao patamar de 40,82% do seu rendimento bruto.

É esse nível de gastos com tributos que nos faz trabalhar até o dia 29 de maio para sustentar esses governos que muito pouco nos retornam em serviços dignos de saúde, educação, segurança, transportes coletivos urbanos e previdência pública. Até quando suportaremos isso é algo que vivo a me perguntar, quando daremos um basta nessa extorsão tributária? Quando diremos não aos governantes que não se comprometerem em baixar os tributos e melhorar a eficiência, a eficácia e a efetividade no uso dos suados recursos que lhes disponibilizamos?

Só para comparar o IBPT listou o tanto de dias que os cidadãos de outros paíse gastam trabalhando para pagar os impostos. O suecos trabalham 186 dias, os franceses os mesmos 149 que nós, com a “pequena” diferença da qualidade de vida que lá eles têm, os espanhóis 137, os americanos 102, os argentinos 97, os chilenos 92 e os mexicanos 91.

Trabalhamos demais para sustentar governos que nos fazem de menos.

Se você quiser conhecer os estudos do IBPT basta visitar a página: http://www.ibpt.com.br/home/publicacao.list.php?publicacaotipo_id=2

Uma curiosidade: Agora são 15h47 do dia 25 de maio de 2011 e o Impostômetro (site que contabiliza o tanto de imposto que pagamos) já está perto de contabilizar o valor de R$ 570.000.000.000,00 (quinhentos e setenta bilhões de reais) de impostos pagos por nós esse ano.

Você pode conferir esses números com um grau interessante de detalhamento no site: http://www.impostometro.com.br/


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: