Publicado por: blogdamariazinha | 16/05/2011

Caminhando céleres para a mexicanização

Caminhando célere para a mexicanização o país arrisca as oportunidades de futuro e enrola os cidadãos no presente com migalhas.

A cada dia que passa, a cada escândalo que acontece, a cada questão política que se desenrola, a cada eleição que se realiza, parece que caminhamos no Brasil céleres rumo a mexicanização, aquilo que o grande escritor Mario Vargas Llosa, de moda crítico e irônico, definiu como a “ditadura perfeita” por simular democracia, mantendo seus ritos, mas sem a substância, como fez o México sob o comando do Partido Revolucionário Institucional (PRI) de 1929 a 2000.

Vejam que o que mais me incomoda na mexicanização que o Brasil vai passando, não é a corrupção dos governantes, mais que já fartamente documentada ou a incapacidade da oposição em articular um projeto de poder minimamente coerente, já dolorosamente comprovada.

O que me incomoda mesmo, das quais as questões levantadas anterioremente são apenas um subproduto, é a completa apatia da sociedade, sejam os cidadãos, sejam os empresários. Todos contentes com as benesses que agora recebem, sem, em nada, se preocupar com a sustentabilidade, sem pensar no futuro, sem preocupar com as questões essenciais como educação de qualidade, saúde pública universal, segurança pública efetiva, previdência pública capaz de suportar nosso envelhecimento e cidades cada vez mais ingovernáveis.

Calados estamos, como sociedade, e calados parece que estamos dispostos a permanecer até que um grande abalo possa promover as mudanças que precisamos. Um processo que poderia ser naturalmente e organizadamente partejado, acabará se realizando a fórceps. Tipicamente brasileiro, tipicamente mexicano, tipicamente latino.

Talvez, para nossa sorte, o domínio que esse espúrio arranjo de poder promove no país acabe sendo solapado mais rapidamente que no México, seria terrível ter que esperar os 71 anos que eles esperaram por lá, graças às novas tecnologias e a uma imprensa que, por enquanto, resiste ao canto da sereia das fáceis verbas públicas.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: