Publicado por: blogdamariazinha | 08/09/2010

Difusas percepções

os candidatos dos esquemas governistas abusam da demagogia e não aceitam debater propostas. Um absurdo contra a democracia.

Eu realmente estranho muito como o processo eleitoral tem contribuído quase nada (o quase é para não ser chamada de pessimista, mas acho que é nada mesmo) para a discussão de políticas públicas.

Uma das coisas que contribui para isso é a liderança na pesquisa dos candidatos dos esquemas governistas, a outra, e principal, no meu entendimento, e a incapacidade deles – os candidatos dos esquemas governistas, para deixar bem claro – em articular propostas que nos apontem os problemas que temos e nos deixem mais claro qual o caminho a seguir para resolver essas situações.

Eles são favorecidos por governos que usam e abusam do uso da máquina pública, por governantes que são bem avaliados nas pesquisas de opinião e pela dificuldade que os cidadãos têm em perceber que aquela sua dura realidade de vida não é apenas dele, mas de muitos ou de toda a sociedade.

Vejamos as coisas com um pouco de atenção.

Pensemos no caso do Espírito Santo.

A violência é grande, o sistema de saúde, apesar do grande número de capixabas com planos de saúde, funciona mal, as avaliações da educação mostram índices preocupantes, o sistema prisional é uma “brincadeira”, o aparato de segurança pública está desorganizado e muitas são as questões, que poderia apontar aqui, que deveriam ser objeto do debate eleitoral.

Os candidatos dos esquemas governistas, no entanto, não querem debater nada, têm medo de que os cidadãos percebam a inconsistência do que falam, de que seus discursos são como castelos de cartas ou construções de areia, para isso apelam para o sentimentalismo barato e para transformar a discussão eleitoral num mero diário oficial, uma pena.

As candidaturas que têm responsabilidade com o desenvolvimento com qualidade de vida para a sociedade têm que, apesar dessas dificuldades, continuar a insistir na necessidade de se debater efetivamente o que se quer para o nosso futuro.

PS – Se alguém tem alguma dúvida de quem são as candidaturas dos esquemas governistas a que me refiro no artigo informo que são, principalmente, as de Renato Casagrande e Dilma Rousseff, poderia citar as do senado e outras menos cotadas, mas não acho que seja preciso.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: