Publicado por: blogdamariazinha | 28/01/2010

Mordomias e automóveis: agora é a Câmara de Guarapari

Não satisfeitos com o salário que tem os vereadores de Guarapari criaram inúmeros privilégios para si. Agora, além do desprezo popular, enfrentam a justiça.

O desgaste a que os senhores edis submetem as câmaras de vereadores não pára. É um escândalo o desperdício que verificamos dia após dia aqui em nosso estado e, com certeza, em praticamente todas as unidades da Federação.

Não satisfeitos com o salário de R$ 3.600,00 (três mil e seiscentos reais) que recebem por duas sessões semanais (lembrando que a Constituição permitem – diferente do que ocorre com deputados estaduais e federais e os senadores, além do pessoal que ocupa cargos no executivo – que os vereadores trabalhem) no final de 2009 os vereadores de Guarapari criaram uma série de privilégios para si.

O pacote inclui cinco tipo de auxílios: alimentação (valor de R$ 600,00), combustíveis e lubrificantes (R$ 1.400,00), ligações de telefone fixo ou móvel (R$ 250,00), saúde (R$ 400,00) e postagem (R$ 50,00). O total mensal pode chegar a R$ 2.700,00 por vereador ou R$ 29.700,00 para os onze edis.

Segundo o jornal a Gazeta num período de seis meses o gastos dos vereadores com gasolina – considerando o valor de R$ 3,00 por litro (o que não acontece ainda, pois o preço é menor) – cada um deles poderia ter vindo 101 vezes de Guarapari até Vitória. No total percorreram 122.808 quilômetros. Vergonha total.

Felizmente o Ministério Público Estadual, dessa vez, se mostrou atento e entrou com uma ação de improbidade na justiça contra os onze vereadores da cidade.

Insisto numa tese que tenho defendido aqui no Blog desde o ano passado que devemos redefinir o que queremos do poder legislativo municipal. A continuar com a atual situação, tudo o que teremos serão escândalos e mais escândalos, desperdício e mais desperdício. E quem paga por tudo isso somos nós os cidadãos por meio dos nossos suados impostos.

O que esse conjunto de privilégios causou de melhoras na ação legislativa e fiscalizadora da Câmara de Guarapari? Aparentemente nenhuma.

Precisamos, e rápido, mudar a situação. Ousar reformar o legislativo municipal é tarefa urgente da democracia brasileira.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: