Publicado por: blogdamariazinha | 30/11/2009

Carnaval de Vitória virou Carnaval Capixaba. O sucesso é total

O sucesso do Carnaval de Vitória, transformando-se em Carnaval Capixaba, pode ser visto por essafoto de carro alegórico da Jucutuquara e do imenso público na arquibancada do Sambódromo.

Matéria do jornal A Gazeta de hoje (veja abaixo), com destaque na capa, chama a atenção para o sucesso do Carnaval de Vitória. Tamanho é o sucesso que já virou Carnaval Capixaba.

Os investimentos que serão realizados podem chegar a até R$ 1 milhão de reais. A maioria vai investir algo entre R$ 400 mil e R$ 600 mil.

Isso significa geração de emprego e renda, principalmente, por e para capixabas.

Importante notar, ainda, que os recursos públicos não são a maior parte do bolo. Entre recursos públicos estaduais e municipais as escolas receberão algo em torno de R$ 110 mil. Não chega a 30% do menor valor previsto para investimento.

Isso não só é salutar como é mesmo fundamental. O evento deve crescer a cada ano e procurar se desgarrar do recebimento de verbas públicas. Quanto melhor for o carnaval com certeza essa relação entre o total de investimentos e os recursos públicos recebidos será menor. As escolas aumentam a sua capacidade de geração própria de renda e atraem, também, mais parceiros.

O sucesso do Carnaval Capixaba começou a ser construído, há alguns anos atrás, mais exatamente em 1998, com um tanto de ousadia (mudar a data dos desfiles para a semana anterior à do Carnaval), a visão da necessidade de apoio da Prefeitura e a percepção de que, como qualquer atividade econômica, deve ser realizado com qualidade, competência e planejamento.

Vitória havia ficado oito anos sem carnaval organizado. O modelo de organização anterior, sustentado num concluio de maus políticos e maus sambistas, se transformara numa fonte de renda para cabos eleitorais e era totalmente repudiado pelos cidadãos.

A cidade tinha 40 escolas e três ligas de escolas de samba. Um escândalo.

Em 1997, cumprindo promessa da vitoriosa campanha, Luiz Paulo Vellozo Lucas (Prefeito de Vitória de 1997 a 2004) começa a reorganizar o Carnaval da Capital.

Nos três primeiros anos, de 1998 a 2000, o Carnaval se realizava em um dia somente na Avenida Jerônimo Monteiro. Não havia ainda concurso oficial de qualquer tipo e as pessoas não pagavam ingresso para as arquibancadas. Naquele momento, diga-se de passagem, faltavam até profissionais gabaritados para montar um carnaval com um mínimo de qualidade. O esforço foi grande, hoje vemos que foi recompensador.

Apenas seis escolas – todas de Vitória – recebiam subvenção da Prefeitura. Recebiam, além disso, quantidade de exemplares do disco que a prefeitura lançava com as músicas do Carnaval, que vendiam e arrecadavam alguns recursos.

Em 2001, depois de nova promessa de campanha cumprida, o Carnaval volta a ser realizado no Sambódromo. Já reformado e com área de recuo. No ano seguinte a Liga de Escolas de Samba ressurge com novas responsabilidades e capacidade de geração de receita.

Nesse momento as escolas já haviam se viabilizado novamente como um centro cultural de vida comunitária que funciona durante todo o ano, passando a desenvolver inúmeras atividades sociais e econômicas.

Os ingressos passam a ser vendidos e o Carnaval ganha, ano após ano, destaque cultural, econômico e social. Tornou-se, novamente, um evento dos capixabas.

Hoje as escolas de samba, de Vitória, mas, também, de Vila Velha, Serra e Cariacica, atraem cada vez mais profissionais gabaritados, desde sambistas, até figurinistas e outros mais. O tempo do amadorismo passou, mas a alegria do carnaval, com certeza, foi retomado com força total.

Parabéns aos organizadores, parabéns aos capixabas, parabéns às escolas de samba. Viva o Carnaval Capixaba.

Escolas de samba investem até R$ 1 milhão no carnaval

30/11/2009 – 00h00 (A Gazeta)

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2009/11/570497-escolas+de+samba+investem+ate+r+1+milhao+no+carnaval.html
Fevereiro ainda tarda a chegar, mas nos barracões das escolas de samba já é carnaval. Nesta semana o capixaba vai colocar o pé na avenida. Mas calma, o samba não vai rolar no tradicional Sambão do Povo e em diversos pontos da capital capixba.

De 02 a 19 de dezembro, a Secretaria Municipal de Cultura, em convênio com o Ministério do Turismo e parceira com a Liga Espírito-Santense de Escolas de Samba (Lieses), realiza a II Mostra Capixaba do Samba: O Carnaval do Brasil Começa Aqui.

Grandes nomes do Carnaval do Rio de Janeiro, como Nelson Sargento (Velha Guarda da Mangueira), Selminha Sorriso (porta-bandeira da Beija-Flor), Quinho (intérprete do Salgueiro), e mestre Odilon (Grande Rio) estarão em Vitória. A programação, toda gratuita, começa nesta quarta-feira (2), no Dia Nacional do Samba, a partir das 20h, na Ilha do Samba, que fica na Ilha da Fumaça.

No palco, show com os intérpretes capixabas Dennise Pontes, Dorkas Nunes, Teresa Cristina, Vera da Matta, Edson Papo Furado, Jully Victória, e Joana Vieira, sob direção de Cecitônio Coelho. Às 21h40, a Escola de Samba Independentes de São Torquato promete animar os amantes do samba.
 
Na quinta-feira (3), a partir das 20h, a Ilha do Samba recebe um encontro especial. Os baluartes da Velha Guarda do Samba Capixaba dividem o palco com os baluartes da Velha Guarda da Mangueira e participação especial de Nelson Sargento.

Na sexta-feira (4), é noite de apresentação dos intérpretes das escolas de samba do Espírito Santo. Cada intérprete cantará três sambas-enredo acompanhados de violonistas, cavaquinistas, mestre-sala e porta-bandeira de sua Escola. Haverá o acompanhamento da Bateria de Unidos de Jucutuquara e Independentes de Boa Vista.

Oficinas
Além da programação musical, a II Mostra Capixaba do Samba oferece três oficinas gratuitas. É uma oportunidade para aprimorar os conhecimentos de quem já trabalha no Carnaval Capixaba. As aulas serão de 16h às 19h, nos dias 3 e 4 de dezembro, na Escola de Teatro e Dança Fafi.
 
Na quinta-feira, serão ministradas duas oficinas: Percussão, com mestre Odilon, da Grande Rio; Interpretação de Samba Enredo, com Quinho, do Salgueiro. Na sexta-feira, será a vez da oficina de mestre-sala e porta-bandeira, com Selminha Sorriso, da Beija-Flor. As inscrições podem ser feitas no site da Lieses, http://www.lieses.com.br
 
Samba nos bairros
No próximo dia 9 (quarta-feira), a partir das 19h, o deck da Ilha das Caieiras recebe show com as agremiações Novo Império, Independente de Boa Vista, Independentes de São Torquato e Mocidade Unida da Glória.
 
No dia 15 (terça-feira), é a vez da Pracinha de Goiabeiras Velha ser tomada pelos sambistas. A partir das 19h, apresentam-se Chegou o Que Faltava, Unidos de Barreiros, Tradição Serrana e Andaraí.
 
No dia 19 (sábado), a festa do samba vai para Jardim Camburi, na Praça da Bocha. A batucada fica por conta de Pega no Samba, Rosas de Ouro, Imperatriz do Forte, Unidos de Jucutuquara e Unidos da Piedade. Os shows começam às 19h.

Serviço:

II Mostra Capixaba do Samba
Ilha do Samba
Horário: 20h
Dia 2: show com sete intérpretes capixabas em homenagem ao Dia Nacional do Samba. Encerramento com a escola Independentes de São Torquato.
Dia 3: Velha Guarda do Samba Capixaba; Nelson Sargento e Velha Guarda da Mangueira.
Dia 4: apresentação dos intérpretes de todas as escolas de samba capixabas, com participação dos mestres-sala e portas-bandeira. Acompanhamento das baterias das escolas Unidos de Jucutuquara e Independentes de Boa Vista.

Oficinas
Onde: Escola de Teatro e Dança Fafi
Horário: 16h às 19h
Quando: 3 (Percussão e Interpretação de samba-enredo) e 4 (mestre-sala e porta-bandeira) de dezembro.
Inscrições: http://www.lieses.com.br  

Samba nos bairros
O que: Apresentação das escolas de samba
Horário: 19h
Dia 9: Ilha das Caieiras, no deck
Dia 15: Goiabeiras Velha, na Pracinha
Dia 19: Jardim Camburi, Praça da Boch


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: